Página Inicial Notícia

CONTRA O AEDES AEGYPTI 02/03/2017 Agentes de controle de vetores visitam o bairro da Vila Bela

Agentes de controle de vetores visitam o bairro da Vila Bela

A equipe de agentes de controle de vetores realizou na manhã desta sexta-feira (22), o trabalho de Análise de Densidade Larvária (ADL), no bairro da Vila Bela, em Franco da Rocha.

Ao todo, 79 imóveis receberam a minuciosa vistoria dos agentes e em nenhuma das residências foram encontrados focos do Aedes Aegypti.

Contando com os dias anteriores, 11 agentes passaram por 170 casas, em diversas ruas de dois quarteirões do bairro, entre elas, a Finlândia e a Avenida Marrocos.

Com um zelo exemplar, Maria Santos Vieira, de 54 anos, fez questão de abrir as portas da sua casa para os agentes e ressaltou a preocupação com os vizinhos. “O mosquito transmite doenças muito perigosas e eu não desejo isso pra ninguém que mora perto de mim. Não é a primeira vez que os agentes comparecem aqui e não vai ser a última que vou abrir as portas, aliás, eles só querem nossa segurança”.

Segundo Fábio Durazzo, Supervisor de Campo do grupo de agentes de controle de vetores, ter a colaboração dos munícipes para fazer a vistoria é a chave principal para diminuir os casos por toda a cidade. “O grupo é especializado em achar focos com um olhar diferente que um cidadão comum não tem. Quando as portas são abertas para nós, é um risco a menos para o futuro da família que reside no lar e os vizinhos que ali moram. Colaborar para a redução de casos é mais que um trabalho, é gratificante”.

Em duas semanas, mais de 1200 casas em diversos bairros da cidade foram visitadas pelos agentes de vetores. Esses bairros foram selecionados pelo sistema do órgão estadual SUCEN -SP, onde são sorteados quarteirões da cidade, para que seja feita uma avaliação, possibilitando saber quais áreas do município têm mais infestação do Aedes.

Vale ressaltar que para garantir a saúde de sua família e vizinhos, sempre abra a porta para os agentes de controle de vetores. Além de uma visita rápida e prática, é disponibilizado folhetos com dicas para manter sua casa segura e garantir um 2017 sem problemas com o transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

(Texto e foto: Jorge Henrique Ramos)