Motivo de Orgulho: Atleta franco-rochense é destaque em torneios de judô

Paixão e dedicação, esses sentimentos levam as pessoas a grandes conquistas, e com o pequeno franco-rochense Davy Mariano, não foi diferente. Com apenas sete anos, ele conquistou sua 19° medalha durante as finais do Paulista Aspirantes de Judô, na modalidade sub-09. O judoca, que nasceu sem os dedos da mão direita, trouxe orgulho para a cidade e se tornou inspiração para outros atletas.

Veja fotos do treino do atleta.

Na categoria, Davy disputa com meninos de 7 e 8 anos, pesando até 23 quilos. E para chegar ao topo do pódio, ele passou pela Copa São Paulo, uma das competições mais disputadas do estado, que o levou direto para o Paulista, sem precisar passar pelas fases regionais. O palco da última vitória foi o Ginásio Nelson Ruegger, na cidade de Araras. Nos últimos domingos, dias 16 e 23 de outubro, o atleta venceu cinco lutas e conquistou o primeiro lugar, chegando a ficar no ranking dos 15 melhores.

Com apenas três anos, Davy começou a demonstrar interesse pelas artes marciais ao ver o irmão mais velho praticando judô em casa. Foi quando sua mãe, Paloma Benedita, resolveu levá-lo para assistir a uma aula. Sem cerimônia, o pequeno já quis entrar no tatame e dar os primeiros golpes.

Dedicação e disciplina

Sua professora desde o início, a Sensei Lilian Dias dos Santos, lembra que logo nas primeiras aulas o atleta já demonstrou ter ritmo e talento. “Para chegar onde chegou, é preciso muita dedicação. E isso não é um problema para o Davy, uma das crianças mais focadas dos treinos. A adaptação ao esporte foi excelente, ele não sofreu nenhuma dificuldade e logo se enturmou com o grupo. Eu trabalho para que nenhuma criança fique isolada e todos treinem juntos”, disse a Sensei.

A mãe, Paloma, conta que sua gestação foi tranquila e saudável e os médicos não desconfiavam que Davy nasceria com ausência dos dedos da mão direita. Mas isso nunca impediu que ele se tornasse uma criança cheia de energia e disposição, além de muito independente. Paloma diz que o judô contribuiu com a melhora na coordenação motora, sociabilidade, comportamento e disciplina do filho, tanto na escola quanto em casa. “É um esporte que ele ama muito praticar e o ajudou a quebrar um pouco a questão da timidez com relação à mão”, afirmou a mãe com orgulho.

O atleta mirim estuda à tarde e à noite se dedica aos treinos no Centro Social Urbano (CSU), que fica dentro do Parque Benedito Bueno de Morais. Com os colegas, ele compartilha detalhes de suas conquistas, exibe as medalhas e já sonha com o futuro no esporte. “Eu quero disputar as Olimpíadas e ganhar a medalha de ouro”, declarou o judoca.

Sua maior torcida, a família, nunca duvidou que Davy venceria tantos campeonatos. “Na penúltima disputa, foram mais de 600 atletas na categoria e na chave dele eram 24 cidades diferentes. Mesmo os adversários sendo fortes e até um pouco mais altos, ele deu o seu melhor e conseguiu tirar de letra”, afirmou Paloma.

“O apoio e incentivo da Secretaria Municipal de Esportes de Franco da Rocha também foram fundamentais para que Davy fosse tão longe”, completou a Sensei Lilian.

Texto: Amanda Iglesias – Foto: Orlando Junior


Publicada em
Desenvolvido por CIJUN
ATENÇÃO!
A partir das 16h de sexta-feira (28/06), o sistema tributário da Prefeitura de Franco da Rocha passará por uma manutenção e estará inoperante até o dia 01 de julho (segunda-feira). A emissão de nota fiscal de serviços não será afetada, no entanto pode haver instabilidades.
Para emitir Nota Fiscal de Serviço a partir de 01/07
Para fechamento do movimento mensal ou eventuais cancelamentos de notas fiscais e declarações referentes ao mês de 06/2024 acesse:
A previsão de normalização é terça-feira (02).