Operação Noites Frias: Prefeitura oferece acolhimento institucional à população em situação de rua

No local, os frequentadores têm acesso a jantar, café da manhã, banho quente, kit de higiene pessoal, roupas, chinelo, além da oferta de atendimento social, de saúde e área de convivência

Com a chegada do inverno, as equipes da Prefeitura redobram os cuidados para acolher aqueles que, por alguma razão, não têm onde dormir. Por isso, na noite desta segunda-feira (3), a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, deu início à “Operação Noites Frias” com a abertura do serviço de acolhimento institucional à população em situação de rua.

Acesse as fotos do serviço de acolhimento.

Gerido pela Associação S.O.S Cristão, o serviço tem capacidade para atender até 30 pessoas. A associação sem fins lucrativos é especializada no atendimento e garantia de bem-estar às pessoas em situação de rua.

A receptividade aos frequentadores vai muito além de um abrigo seguro para passar a noite. No local, são oferecidos banho quente, kit de higiene pessoal, roupas, chinelo, área de convivência com televisão, além de atendimento social e de saúde. Na hora do jantar, a alimentação balanceada é garantida, e para os pets foi disponibilizado um espaço quentinho para passar a noite.

O processo de encaminhamento ao abrigo é feito pelos assistentes sociais da Prefeitura, que fazem o serviço de abordagem social para identificar as pessoas em situação de risco ou vulnerabilidade nas ruas e apresentar o acolhimento. Os que já conhecem o serviço, costumam chegar ao local por iniciativa própria. A entrada acontece entre 17h e 20, os frequentadores encaminhados por outros órgãos da Prefeitura, como Guarda Civil Municipal, Defesa Civil ou Trânsito, chegam até às 22h, e a saída ocorre no dia seguinte, após o café da manhã.

Segundo a secretária de Assistência Social, Elaine Kipp, neste ano o Plano de Contingências para Situações de Baixas Temperaturas trabalhará de maneira ainda mais integrada. 

“Sob coordenação da Secretaria de Assistência Social, as Secretarias de Saúde, Governo e Segurança Pública, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), Trânsito, Esporte e Defesa Civil, construíram um plano com o objetivo de minimizar os impactos e riscos das baixas temperaturas sobre a saúde da população em situação de rua, visando o encaminhamento ao serviço de acolhimento ou a oferta de colchonete e cobertores aos que não desejarem vir ao abrigo”.

Ainda segundo a secretária, a previsão é que o serviço de acolhimento da “Operação Noites Frias” permaneça até o mês de setembro.

Saúde e atendimento social

O serviço de acolhimento conta com equipe de enfermagem, coordenadores, técnicos, assistente social e GCM. “São disponibilizados testes rápidos para detecção de Infeções Sexualmente Transmissíveis (ISTs); emissão de cartão do SUS e encaminhamentos para Unidades Básicas de Saúde (UBS), conforme necessidade”, explicou a secretária de Saúde, Thais Rivera.

No atendimento social, os frequentadores que desejam podem ser encaminhados para emissão de documento de identidade, inserção no CadÚnico para inclusão em programas de transferência de renda, entre outros serviços.

Texto e foto: Luana Nascimento


Publicada em • Leia mais sobre
Desenvolvido por CIJUN
ATENÇÃO!
A partir das 16h de sexta-feira (28/06), o sistema tributário da Prefeitura de Franco da Rocha passará por uma manutenção e estará inoperante até o dia 01 de julho (segunda-feira). A emissão de nota fiscal de serviços não será afetada, no entanto pode haver instabilidades.
Para emitir Nota Fiscal de Serviço a partir de 01/07
Para fechamento do movimento mensal ou eventuais cancelamentos de notas fiscais e declarações referentes ao mês de 06/2024 acesse:
A previsão de normalização é terça-feira (02).