Campeonato Municipal: Corinthinha é bicampeão no feminino e União Progresso levanta a taça da 3ª divisão

Pelas entradas laterais do Campo Armando de Sá, no Parque Benedito Bueno de Morais, entraram as equipes que decidiram as finais do Campeonato Municipal de Futebol de Franco da Rocha 2023, no último domingo (20). A arquibancada lotada e o alambrado vibrando com o apoio das torcidas deram um toque especial para as decisões entre Corinthinha x Águia Negra, no feminino, e Real Vikings x União Progresso, pela 3ª divisão da competição.

Confira imagens das partidas.

Em uma das finais mais esperadas do dia, a luta pela taça do feminino colocou frente a frente o Águia Negra com grandes atuações na atual temporada e, as campeãs do último municipal, Corinthinha.

Nos primeiros minutos as equipes anularam as jogadas das atacantes com uma marcação acirrada. Essa atenção redobrada nas jogadoras de frente, fez com que a estrela de uma defensora brilhasse. Aos 20 minutos do primeiro tempo, a lateral-direita do Corinthinha, Kamili Silva, usou da sua velocidade em uma roubada de bola no meio-campo, venceu uma marcadora e bateu na saída da goleira para marcar o único gol da partida.

Com a vitória sobre o Águia Negra, o Corinthinha sagrou-se bicampeão do Campeonato Municipal de Futebol Feminino. “Nos preparamos muito para chegar até esse bicampeonato e ver que conseguimos alcançar esse objetivo é especial. Agora é comemorar e agradecer a garra das minhas companheiras que proporcionaram esse momento”, disse a autora do gol do título, Kamili.

Na premiação, a goleira do Corinthinhas, Remilin Morais, levou o troféu de melhor goleira do campeonato, enquanto sua parceira de equipe, Letícia Santos, ganhou a chuteira dourada de artilheira da competição.

A virada na decisão da 3ª divisão

Fechando as decisões do dia, Unidos do Progresso e Real Viking fizeram uma partida com roteiro de cinema na final da 3ª divisão. A torcida inflamada na arquibancada mostrava a força do Viking, enquanto o elenco bem entrosado durante todo o campeonato deixava claro a sólida campanha do União Progresso até a final. Quando a bola rolou, foi preciso de menos de quatro minutos para o placar sair do zero.

Em ótima cobrança de escanteio feita pelo camisa 14 do Real Viking, Janderson Correia, a bola encontrou o cabeceio de almanaque do zagueiro Luiz Antônio para o fundo da rede. A comemoração do Real durou menos de dois minutos, quando o artilheiro do União Progresso e do campeonato, Brian de Oliveira, pegou a bola pela direita já cortando o autor do gol adversário, Luiz Antônio, e acertou um potente chute no ângulo para empatar a partida em 1 x 1.

No segundo tempo, o jogo também começou acelerado e com os dois protagonistas, Luiz e Brian, se desentendendo em um lance na linha de fundo. O juiz deu cartão amarelo para os dois que, após a advertência, voltariam a decidir a partida. Com menos de 10 minutos para o fim decisão, Brian entrou na área e recebeu falta dura de Luiz que foi expulso pelo segundo amarelo. O meio-campista do Progresso, Dário Júnior, converteu a cobrança e virou a partida para 2 x 1.

No apagar das luzes, em uma jogada veloz do União pela direita com Lucas Lira, o atacante cruzou para Brian que só empurrou a bola no gol, sacramentando o título de campeão municipal para a equipe do Jardim Progresso. Vitória por 3 a 1. “Estou feliz demais por esse momento. O União Progresso é gigante e merece muito esse título, por tudo que desempenhou”, ressaltou o artilheiro do campeonato com 11 gols e craque da final, Brian.

No encerramento, além da chuteira dourada do artilheiro Brian, foi entregue também o prêmio de melhor goleiro do campeonato para Genilson Moura, do Real Vikings.

Pela primeira vez na história do Campeonato Municipal de Franco da Rocha, as finais contaram com transmissão ao vivo e você pode conferir tudo na página oficial da Prefeitura no YouTube clicando ao lado https://www.youtube.com/@PrefdeFranco/streams.

Texto e foto: Jorge Henrique Ramos


Publicada em
Desenvolvido por CIJUN
ACOMPANHE O BOLETIM DA DENGUE