Dia D: Prefeitura organiza caminhada e ações de conscientização contra a dengue

A concentração da caminhada, que aconteceu na UBS do bairro Parque Vitória, passou por diversas ruas do bairro, e foi finalizada na avenida Giovani Rinaldi

No último final de semana (2), a Prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde, realizou uma série de ações de conscientização no “Dia D de Combate à Dengue”. Servidores de diversas áreas da Prefeitura participaram de uma grande caminhada no Parque Vitória para lembrar a população sobre a importância de combater o mosquito Aedes aegypti. A concentração, que aconteceu na UBS do bairro, foi finalizada na avenida Giovani Rinaldi.

Acompanhadas de um carro de som, as equipes passaram pelos imóveis entregando panfletos, realizando orientações de prevenção e recebendo demandas dos moradores para reforçar a necessidade de apoio da população na luta contra a doença.

Além disso, os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE) agiram para eliminar possíveis criadouros do mosquito nas residências. O serviço de cata-treco também passou pelo bairro recolhendo materiais inutilizados que têm potencial para tornar-se criadouro do mosquito transmissor.

Os profissionais passaram por mais de 400 imóveis e fizeram 15 coletas de amostras de larvas para análise; nenhuma delas se mostrou positiva para Aedes aegypti.

No sábado, as UBS do Parque Vitória, Jardim Luciana, Lago Azul, Vila Bela e a quadra do Parque Montreal também ficaram abertas, ofertando testes de dengue e outros serviços de saúde à população.

E não para por aí

Na sexta-feira (1), a Prefeitura deu continuidade à estratégia do fumacê que já passou por vários bairros da cidade. Desta vez, as atividades se concentraram pelas ruas do centro.

O procedimento é realizado da seguinte forma: dois profissionais se responsabilizam pelo veículo com nebulizador e outros dois auxiliam o processo com um veículo com luzes (giroflex). No perímetro pré-estabelecido, o inseticida é espalhado por meio da combustão da bomba do nebulizador. Todo o procedimento é feito em um período estratégico escolhido em razão dos hábitos da fêmea do Aedes aegypti em ficar mais exposta e pela temperatura estar mais amena.

Em casos de denúncias e solicitações referentes a focos ou locais que ofereçam condições propícias à criação de mosquitos, os números 4800-1927 ou 4800-1948 são disponibilizados pelo setor de Zoonoses.

Confira algumas recomendações para eliminar os criadouros do mosquito da Dengue:

– Os ralos devem ser vedados com telas, principalmente os que estão fora de uso;

– Garrafas PET e de vidro devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou viradas para baixo;

– Calhas devem ser limpas e niveladas, mantendo-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água;

– Plantas que acumulam água devem ser evitadas ou é necessário que a água seja retirada semanalmente das folhas;

– Potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água corrente e sabão, no mínimo duas vezes por semana;

– Caixas de água, cisternas e poços devem estar fechados e vedados;

– Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Pneus devem permanecer em local coberto ou com furos para não acumular água;

– A piscina deve estar sempre limpa com cloro para tratar a água e o filtro periodicamente.

Texto e fotos: Carlos Augusto Dornelles


Publicada em • Leia mais sobre |
Desenvolvido por CIJUN
ACOMPANHE O BOLETIM DA DENGUE
Atendimentos | 21 de maio
Por motivo de treinamento aos servidores municipais, o atendimento ao publico sofrerá alterações no setor de Dívida Ativa e Protocolo, com atendimento até 12h30.