Mutirão contra a dengue: Agentes de saúde e de combate à endemias visitam o bairro Jardim Colinas

O ponto de partida foi na UBS do Jardim Luciana, com a participação de mais de dez Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE)

No último sábado (27), a Prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde, realizou mais uma ação de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

O ponto de partida foi na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Luciana, com a participação de mais de dez Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACE). Divididos em equipes, eles saíram pelo bairro visitando as casas para verificação de possíveis criadouros de dengue e outras arboviroses, além de passar informações e dicas para os moradores sobre os cuidados que devem ser adotados.

Com 136 imóveis trabalhados após as atividades, foi constatado que de seis amostras de larvas coletadas, todas foram positivas para Aedes aegypti. Vale ressaltar que é importante permitir a entrada dos servidores da Prefeitura, visto que são profissionais capacitados para informar e orientar os munícipes sobre os ambientes propícios para a proliferação do mosquito.

Além das visitas domiciliares, a Prefeitura tem adotado outras estratégias de combate à dengue, como o fumacê, ação executada por um automóvel que emite uma “nuvem” de fumaça com baixas doses de agrotóxico e elimina boa parte dos mosquitos, além de ações educativas nas escolas e eventos com grande público.

A melhor forma de prevenir a dengue é impedir a reprodução do mosquito:

  • Evite água parada em pneus, latas e garrafas vazias; 
  • Evite o acúmulo de água em vasos, potes e outros objetos;
  • Baldes e vasos de plantas devem estar vazios, limpos e guardados em local coberto, com a boca virada para baixo;
  • Plantas que acumulam água devem ser evitadas ou é necessário que a água seja retirada semanalmente das folhas;
  • Pratinhos de vasos de plantas devem ser limpos e receber areia até a borda para não acumular água;
  • Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Pneus devem permanecer em local coberto ou com furos para não acumular água.

Em casos de denúncias e solicitações referentes a focos ou locais que ofereçam condições propícias à criação de mosquitos, os números 4800-1927 ou 4800-1948 são disponibilizados pelo setor de Zoonoses para atender a população.

Texto e foto: Carlos Augusto Dornelles


Publicada em • Leia mais sobre |
Desenvolvido por CIJUN
ATENÇÃO!
A partir das 16h de sexta-feira (28/06), o sistema tributário da Prefeitura de Franco da Rocha passará por uma manutenção e estará inoperante até o dia 01 de julho (segunda-feira). A emissão de nota fiscal de serviços não será afetada, no entanto pode haver instabilidades.
Para emitir Nota Fiscal de Serviço a partir de 01/07
Para fechamento do movimento mensal ou eventuais cancelamentos de notas fiscais e declarações referentes ao mês de 06/2024 acesse:
A previsão de normalização é terça-feira (02).