Mutirão de combate à dengue visita a Vila Bazu; no total, 150 casas foram alcançadas

Nos imóveis fechados ou onde não foi permitida a entrada, os agentes de saúde fizeram panfletagem informativa

Mesmo com o fim do verão e o início do outono, uma onda atípica de calor persiste em todo o estado de São Paulo. Com isso, as altas temperaturas favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypt, por isso, a Prefeitura continua atuando na campanha de combate à dengue.

No sábado (4), a Secretaria da Saúde realizou mais um mutirão de combate à doença. Desta vez, o bairro Vila Bazu recebeu Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Agentes de Combate a Endemias (ACE), enfermeiros e outros profissionais da área.

Partindo da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Rosalina, as equipes se dividiram para fazer visitas casa a casa pelas ruas do bairro para auxiliar a população a identificar focos de água parada, eliminar criadouros, coletar amostras de possíveis larvas do mosquito e mobilizar a população para aderir à luta contra a dengue.

A visita teve um alcance de 150 imóveis, com panfletagem informativa nos locais onde os moradores não atenderam.

Os bairros que recebem os mutirões de combate à dengue são definidos a partir da Análise de Densidade Larvária (ADL), coleta realizada em períodos distintos que contabiliza a quantidade de larvas do mosquito encontradas nos imóveis visitados. A amostragem aponta qual região do município apresenta maior infestação de larvas do mosquito Aedes aegypti, que além da dengue transmite a chikungunya e o zika vírus. A partir do índice registrado, a Secretaria da Saúde define estratégias de prevenção e enfrentamento ao mosquito.

Combate à dengue ao longo do ano

Desde o início do ano, a Prefeitura tem intensificado as ações de combate à dengue. Além dos mutirões, durante a semana, o carro do fumacê passa pelas ruas realizando nebulização com baixas doses de agrotóxico em direção às residências para eliminar os mosquitos. São feitos ainda os chamados “bloqueios” em locais específicos com maior incidência de casos de dengue, definindo em um raio de 300 metros para receber nebulização manual.

De janeiro até abril, 13 bairros receberam o mutirão com visita a cerca de 5 mil imóveis. Também foram feitas 80 ações de nebulização em 27 bairros da cidade, 606 coletas de larvas para análise laboratorial e 12 ações de bloqueio com 90 imóveis atendidos.

Neste sábado, dia 11 de maio, o mutirão estará na Vila Zanela mobilizando a população no combate à dengue.

Denúncias

Em casos de denúncias referentes a focos propícios à proliferação do mosquito Aedes aegypt, os números 4800-1927 ou 4800-1948 e o e-mail zoonoses.vetores@francodarocha.sp.gov.br são disponibilizados pela Prefeitura. Para denúncias via e-mail, é recomendado o envio de fotos dos ambientes onde estão os possíveis criadouros.

Texto: Luana Nascimento – Foto: Equipe Comunicação Franco da Rocha


Publicada em • Leia mais sobre
Desenvolvido por CIJUN
ATENÇÃO!
A partir das 16h de sexta-feira (28/06), o sistema tributário da Prefeitura de Franco da Rocha passará por uma manutenção e estará inoperante até o dia 01 de julho (segunda-feira). A emissão de nota fiscal de serviços não será afetada, no entanto pode haver instabilidades.
Para emitir Nota Fiscal de Serviço a partir de 01/07
Para fechamento do movimento mensal ou eventuais cancelamentos de notas fiscais e declarações referentes ao mês de 06/2024 acesse:
A previsão de normalização é terça-feira (02).